Como planejar o controle de custo e despesas de sua empresa

Como planejar o controle de custo e despesas de sua empresa

Não importa de qual segmento a sua empresa seja, o que fará sua marca crescer e evoluir é a atenção e o controle assertivo de custos que você tem com ela.
Você já tem um planejamento eficiente de controle de custos e despesas a curto, médio e a longo prazo?
Se a sua resposta for negativa, recomendamos que você aplique os próximos 3 minutos da leitura desse conteúdo…
Vai valer a pena!
Por mais que você ache que não é necessário, cortar o cafezinho para investir na troca de computadores, pode não dar o efeito que você tanto busca para a qualidade de seu time, sabia?
É por isso que planejar as despesas e o controle de gastos é um dever de todo gestor. Mas a dúvida que sempre fica é: como fazer esse planejamento da forma certa?
Queremos te ajudar com algumas formas de entender seus gastos e com isso, ter um planejamento adequado.

Como planejar custos X despesas

A primeira questão que queremos levantar com você: Qual a diferença entre custo e despesas?
Se você ainda não sabe, está mais do que na hora de ter essas informações muito bem definidas:

  • Custo: É tudo o que se relaciona diretamente com a sua prestação de serviço ou com o seu produto;
  • Despesas: É o valor empregado para que haja a manutenção das suas atividades.

Tratando o conceito dessa forma até parece bem simples, não é mesmo? Mas a verdade é que na prática muitos gestores acabam se atrapalhando e fazendo um planejamento falho.
Deve-se ser tratado como custos de sua empresa:

  • Salários de funcionários;
  • Custo da matéria prima;
  • Gasto com a produção;
  • Logística;

Agora, devem ser tratados como despesas:

  • Café, papel, material de limpeza;
  • Gastos que você tem com publicidade;

Uma dica de OURO: Se você tem dúvida se o valor é um custo ou uma despesa, pergunte-se se caso faltar esse item, sua empresa para de produzir? Se sim, é um custo. Senão, é uma despesa.

E como planejar esse controle de custos e despesas da forma correta?

O ponto chave para o planejamento é levantar quais são os custos fixos essenciais que sua empresa não pode deixar de ter. Para isso, você terá que ter muito claro os valores e a situação atual, senão a projeção estará furada.
Se você ainda não utiliza nenhum software de gestão e controle, certamente, perderá um tempo precioso fazendo esse levantamento. Em alguns casos, o mais aconselhável é contar com a ajuda de um profissional experiente para que nada passe despercebido e possa influenciar seus lucros.
Nosso software de gestão, por exemplo, é uma excelente ferramenta para você que quer organizar, reduzir e administrar seus gastos de forma segura e facilitada.

4 passos para aumentar o controle

Para que você tenha um maior controle, aqui vão 4 passos que irão mudar o controle de custos e despesas de sua empresa.
Confira!

Passo 1 – Planejamento eficiente

Por mais que você não tenha feito nenhum planejamento até aqui, nunca é tarde para começar. Temos um novo ano há poucos dias de acontecer, logo, você tem a chance de iniciar suas atividades de forma mais segura.
Faça seu balanço do ano anterior, verifique quais foram seus custos, suas despesas e em qual área houve pouca verba ou muita. Desse modo, você estará tendo a oportunidade de mudar as coisas para melhor!

Passo 2 – Identifique e corte desperdícios

Quando não temos o controle total da situação, gastos desnecessários acabam passando, isso faz com que seja empregado uma verba muito maior do que o necessário.
Se você notou que o gasto com papel ou tinta de impressora está muito alto, reveja a necessidade ou encontre uma solução para reduzir isso.
Infelizmente, quando há um grande desperdício de dinheiro em um local sem muita necessidade, outra área acaba sendo prejudicada, pois não recebe o valor ideal para crescer, ou mesmo para galgar melhores resultados.

Passo 3 – Tenha sempre um fundo de emergência

Se até hoje sua empresa não tinha um fundo de emergência para situações inesperadas, chegou o momento de começar a planejar isso.
Você sabe muito bem que nem todos os meses são iguais. Alguns tem um rendimento muito bom e em outros, o fluxo não é tão alto assim. Se você não tomar esse cuidado, pode ter que lidar com imprevistos que mexerão com a saúde financeira da sua empresa.

Passo 4 – Controle seu fluxo de caixa

É preciso saber de forma clara quanto entra e quanto sai da sua empresa. Essa é uma das melhores formas de planejar seus custos e gastos.
Administrar tudo isso é complexo, mas com um software de gestão, o controle será feito automatizado e você não precisará se preocupar com nada.

O SIGI ERP é uma excelente ferramenta que auxilia a sua empresa a planejar seu controle de custos e despesas clique no link abaixo e obtenha uma demonstração.

Deixe uma resposta

Fechar Menu